Imprensa / Notícias Simplas
08/10/2018

Simplás faz palestra de abertura do 3º Congresso Brasileiro do Plástico

Presidente do sindicato, Jaime Lorandi apresenta “A Solução dos Plásticos”na terça-feira (16), às 8h50, na PUCRS, em Porto Alegre

O Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás) será o responsável pela atração de abertura do 3º Congresso Brasileiro do Plástico, na terça-feira (16), a partir das 8h50, na PUCRS (prédio 40), em Porto Alegre. A Solução dos Plásticos será apresentada pelo presidente do sindicato, Jaime Lorandi. Mais informações e inscrições estão disponíveis pelo site congressodoplastico.com.br.

A palestra desenvolvida pelo Simplás, que mostra os benefícios dos plásticos para o avanço na qualidade de vida da humanidade, além da importância da educação para a destinação correta dos materiais depois de consumidos, já foi vista pelos públicos da feira Interplast, em Joinville (SC), e da tradicional Reunião-Almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul (RS).

“É bastante didática e, de uma forma bem acessível, mostra que a sociedade não poderia viver da mesma maneira sem os plásticos, pois são muitos os benefícios. E, por outro lado, mostra que é preciso buscar alternativas para ampliar a utilização e o acesso ao material e torna-lo mais amigável às pessoas”, avalia o presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast) e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), José Ricardo Roriz Coelho, que acompanhou a apresentação em Joinville.

O próprio Simplás já desenvolveu um projeto para levar o discurso à prática, disseminando a educação para a destinação correta dos materiais pós-consumo e promovendo a economia circular com a geração de recursos a partir da reciclagem: o Plástico do Bem.

Com o Plástico do Bem, deflagrado na última semana de março deste ano, o Simplás já doou coletores individuais de plásticos para 6,5 mil alunos e 500 professores de 22 escolas públicas municipais de Farroupilha (RS), que até o fim do primeiro semestre já haviam arrecadado e encaminhado para reciclagem mais de 10 toneladas de plásticos. E assim, obtiveram uma renda extra de aproximadamente R$ 8 mil. Os recursos serão aplicados da maneira que cada instituição considerar mais adequada.

No fim de agosto, em alusão aos 29 anos do Simplás, o Plástico do Bem começou a ser implantado na CIC de Caxias do Sul, alcançando 26 entidades, por onde circulam diariamente mais de 150 pessoas. E anteriormente, já estava em aplicação na unidade Nilo Peçanha, do Senai, também em Caxias do Sul.

“Os plásticos representam 40% dos resíduos sólidos domésticos que produzimos hoje. Então, por óbvio, ao adquirirmos a cultura da separação para o plástico, naturalmente, vamos evoluir para o vidro, o metal, o papel e o papelão, entre outros materiais”, conclui o presidente do Simplás, Jaime Lorandi.

 

Fotos: Júlio Soares

 

Sobre o Congresso Brasileiro do Plástico

O Congresso Brasileiro do Plástico surgiu em 2014 com o objetivo de debater a relação do plástico com a sociedade. O evento é promovido em regime bienal pelos três sindicatos gaúchos da indústria de transformação do plástico: Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás); Sindicato das Indústrias de Material Plástico no Estado do Rio Grande do Sul (Sinplast); Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Vale do Vinhedos (Simplavi).

A cada edição, o evento reúne especialistas nacionais e internacionais em debates que abordam evoluções, cases e tecnologias relacionadas ao plástico, uma das matérias-primas mais estudadas e inovadoras no mundo, além de grande parceira da sociedade.

Em 2018, o tema é Plástico: sempre uma solução indispensável e inteligente.

 

Sobre o Simplás

O Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás) representa mais de 400 empresas de transformação que geram cerca de 9,5 mil empregos diretos em oito municípios (Caxias do Sul, Coronel Pilar, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Nova Pádua, São Marcos e Vale Real), com estimativa de faturamento anual superior a R$ 3 bilhões. Segundo a Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast), pelo número de empresas instaladas, a região concentra o segundo maior polo de transformação de material plástico do país. E figura entre as cinco maiores geradoras de empregos do setor no Brasil.

Conheça Nossos Associados