Imprensa / Notícias Simplas
22/11/2017

Pela primeira vez, Simplás tem candidata a rainha da Festa Nacional da Uva

Participação de Caroline Veadrigo Piccoli, também representando a empresa Hiperpack Embalagens, marca início das comemorações pelos 30 anos do sindicato

O Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás) dá a largada para as comemorações pelos 30 anos de fundação, a se completar em 2019, em grande estilo. Pela primeira vez na história, a entidade apresenta uma candidata à rainha da Festa Nacional da Uva. Além do sindicato, Caroline Veadrigo Piccoli (fotos) representará também a empresa Hiperpack Embalagens no maior evento comunitário do Brasil, cuja 32ª edição será realizada no mesmo ano.

A disputa, porém, já começa antes, a partir do momento da inscrição da candidata, na última terça-feira (21). A etapa do chamado pré-concurso se estende até 19 de maio de 2018, noite da escolha das três soberanas – rainha e princesas.

“Para o Simplás, são muito claros o valor e o significado da Festa da Uva. É a maior festa comunitária do Brasil. E queremos marcar os 30 anos de compromisso do sindicato com a comunidade de Caxias do Sul e de toda região de uma forma especial. A candidatura da Caroline representa todo nosso apoio e engajamento com um patrimônio nascido aqui, que mostra para o país e o mundo o que fazemos de melhor”, afirma o presidente do Simplás, Jaime Lorandi.

No período, também haverá ampla visibilidade para se trabalhar diante de um novo perfil de público, e em grande contingente, um conceito fundamental ao Simplás: a destinação correta de materiais pós-consumo.

“A participação no concurso também representa o nosso compromisso com as próximas gerações. Precisamos falar sobre o descarte e a reciclagem de materiais. E a magnitude da Festa da Uva oferece uma excelente oportunidade. Para que as celebrações do futuro sejam realizadas em um ambiente limpo, saudável e evoluído, por um povo consciente de sua responsabilidade por aquilo que consome”, conclui Lorandi.

 

Raízes em vinhedos e no plástico

Aos 24 anos, graduada em Comércio Internacional pela Universidade de Caxias do Sul (UCS) e aluna do MBA em Gestão Empresarial da FGV, Caroline Veadrigo Piccoli familiarizou-se com a indústria do plástico praticamente dentro de casa. A Hiperpack Embalagens, empresa que, ao lado do Simplás, apoia sua candidatura à rainha da Festa da Uva, é conduzida desde 2013 pelos irmãos Henrique e Guilherme. Dez anos antes, o pai, Nestor, trocou a função de bancário, mesma que ela ocupa atualmente, para empreender na Lâmina, especializada em extrusão.

Entre as duas indústrias, a família gera mais de 90 empregos. A Lâmina fornece bobinas extrusadas para mais de 1,3 mil clientes, entre os quais despontam nomes como Tramontina, Duratex, Eucatex e L’Oreal. Já a Hiperpack, concentra as operações em embalagens para os segmentos frutífero e supermercadista. Entre as duas fábricas, são processadas mensalmente mais de 400 toneladas de matéria-prima PET. A projeção de crescimento para 2017 chega a 16%.

“Ela queria concorrer desde pequena. Então, como pais, a gente sempre vai apoiar. A Caroline é uma pessoa muito organizada e disciplinada. Se alguma coisa está fora do lugar aqui, ela é a primeira a cobrar”, descreve o pai, Nestor Piccoli.

Sobre a empresa que endossa sua candidatura, Caroline é rápida em destacar um predicado:

“Na Hiperpack, a maioria das pessoas que trabalha é mulher. Porque são produtos e processos que exigem muita atenção aos detalhes. E nisso, acho que levamos vantagem. Além da garra, que é um traço típico da mulher da Serra Gaúcha”.

A filha de dona Sueli vê no apoio à candidatura a rainha da Festa da Uva, por parte do Simplás, a chance de realização de um sonho de infância.

“Cresci assistindo aos desfiles e mesmo depois de adulta sigo admirando o trio de soberanas da Festa da Uva. Para mim, representar essa celebração seria seguir os passos da minha família, especialmente de minha mãe, que foi soberana da Fenavindima, de Flores da Cunha, em 1982. Apesar de não ser a festa da mesma cidade, resgata uma cultura comum a toda região. De uma forma grandiosa, a festa celebra a união da diversidade atual com os costumes herdados dos primeiros imigrantes e a força econômica de Caxias do Sul”, revela.

 

Fotos: Neli Alvanoz

Conheça Nossos Associados